terça-feira, 23 de agosto de 2011

E a vítima da vez: EU!

Nossa se o fim de semana tivesse 4 dias, não teria dado tempo de eu fazer tudo que preciso!
Tudo começou na sexta-feira. Pela manhã levei o Lucas para fazer uns exames pendentes, ultrassom, raio X de toda área respiratória e mais exames de sangue. 
Passei a manhã inteira no hospital, mas fiz tudo de uma vez, já que o filhote teria que ficar de jejum para a ultrassonografia e para o exame de sangue e o Raio X eu podia fazer na mesma clínica da ultra, por ordem de chegada, então, se era pra sofrer que fosse logo de uma vez.
O exame de ultrassom foi tranquilo, o Lucas até se divertiu quando o medico disse que iria passar sorvete na barriguinha. Deixou fazer o exame e o médico adianto que está tudo bem, graças a Deus. Mal saia eu o sofrimento que seria para fazer os Raios X. Foram vários. Do rostinho e do tórax, e ele se debatia, sofria, chorava! Teve que vir um enfermeiro para ajudar... Depois da luta ele dormiu no meu colo. Pena que ainda tinha o exame de sangue e ele acordou na hora da coleta (e coletaram 6 ampolas de sangue dele, tadinho do meu filhote!!!)... Quando terminamos já eram 10h da manhã.
Aí lá vou com filho, bolsa de filho, bolsa minha, pegar ônibus e atravessar a cidade pra deixá-lo na escola e pegar outro ônibus e voltar pra trabalhar.
Na noite anterior eu estava com um pouco de dor de garganta, nem dei muita bola, mas a tarde a coisa baixou! Dor corpo, garganta fechou, febre! Trabalhei a toque de caixa. Peguei o filhote na escola, passei em casa, arrumei umas coisas e rumamos pra casa da minha sogra. Pois é fomos dormir lá, já que nesse mesmo dia a tarde, fui convidada a mudar de setor na empresa (saí do atendimento e fui pro setor financeiro) e teria que trabalhar no sábado. Então, voltando ao assunto, fomos pra casa da minha sogra. Eu queimando em febre, sem condições de me mexer, falar ou qualquer coisa do tipo. Chegando lá deitei e dormi! Nem vi o final da novela direito (abria o olho e não conseguia me concentrar).
Fui trabalhar no sábado porque tinha combinado e era meu primeiro dia no setor, então podia faltar. Mas não fiz nada, a não ser sentir frio e dor... rsrsrs...
Domingo, um pouco melhor, fomos almoçar na casa da minha cunhada. O dia passou a galope e cheguei em casa só a noite! Mesmo doente, fui arrumar casa, lavar roupa, adiantar encomendas e fui dormir quase 1h da manhã! E na segunda acordei mal de novo! Hoje estou trabalhando mal. Preocupada, porque não estou conseguindo cumprir meus compromissos, casa virando uma bagunça, encomendas atrasando e eu sem forças para fazer qualquer coisa que seja!
O Lucas, graças a Deus está ótimo, lindo, birrento e cheio de graça. Tem soltado umas que deixa a gente de queixo caído! Ficou um grude comigo, pior era que ele só queria minha atenção, quando eu não podia dar... mas senti todo seu carinho e atenção nesses dias.
E é isso, me recuperar, colocar a vida em dia, correr com as encomendas e trabalhar e curtir muito meu menino lindo!

4 comentários:

Mon Maternité disse...

Ai Janna ... super te entendo! Eu venho com milhões de problemas de saúde na família: avó, avô, mãe e acho que eu estou indo nessa!! Não aguento de dor de cabeça ... acho que é tanto frio, que estou com sinusite! Só pode!

Melhora ... vou orar por você!!
E o Lucas ... que alegria estar 100%! tadinho de tanto exame, mas se foi para saber que ele está ótimo, valeu o esforço!

Beijos, e se cuida bastante! Má
www.monmaternite.blogspot.com

Chama a mamãe disse...

Que pena Janna, ficar doente justo agora hein!! Eu tb estou com uma gripe muito chata.
Mas melhoras para vc, afinal de contas vc precisa estar bem para dar conta de td isso néh
Bjão

Rafaella disse...

Tadinho.... quanto sangue para tirar...
E trabalhar no sabado ninguem merece...
Espero que vc melhore logo e que tudo volte ao normal ;)
bjos

Débora disse...

Janna,querida
Espero que vc esteja melhor... Nossa, aiga, sua vida não deve ser mesmo fácil... filho, casa, trabalho e ainda mais encomendas ! Força, viu ! Que Deus te ajude, de força e coragem para vc cumprir todos os seus compromissos. Um grande abraço