sexta-feira, 23 de setembro de 2011

O gato, o chão e o cabelo...

Tanta coisa pra escrever e sem tempo pra vir aqui!
Então vou colocar o que estou lembrando agora e que vale a pena ter registrado para que um dia meu filhote leia vocês riam um pouco:

Pensem na situação: Uma mãe que ama bicho, mas tem certo receio por gatos. Essa sou eu. Não desgosto dos felinos, mas também não morro de amores. Convivemos muito bem na política de cada um no seu quadrado. Agora imaginem uma criança que ama, se derrete, faz de tudo por um gatinho! Sim, esse é o Lucas!
Meu filho é apaixonado por gatos. Na casa da minha sogra tem um gatinho albino e surdo que minha cunhada achou na rua (era dia 31/12/2010, o filhotinho assustado ela viu e pegou para ficar em casa até levar para algum lugar que pudessem cuidar dele, mas...), chamado Ozzy. O Lucas ama o Ozzy, quer dar comida, passa o dia todo atrás do gato, conversa com o bichinho (que não o ouve!), faz carinho... 
Minha sogra já quis se desfazer do gato várias vezes mas sempre se lembra que é o xodó do Lucas e desiste. Até diz que prefere o gato do que a cachorrinha Amy.
Então que esse amor do Lucas pelos felinos me rendeu um das cenas mais lindas e engraçadas que eu já presenciei do pequeno. Fomos passar o domingo no sítio de uma tia do marido e lá havia uma gata com 5 filhotinhos, 4 pretinho e 1 todo cinza. O Lucas ficou doido. Pegou o gatinho cinza e ficou com ele no colo por minutos a fio. Daí a pouco chega pra mim com um brilho nos olhos e diz:
- Mamãe, posso levar um gatinho? Só um gatinho, mamãe! Por favor!
Aiiiiiii meu coração partiu. Primeiro porque eu não sei se conviveria com uma gato dentro da minha casa, segundo porque não temos espaço físico para alojar mais um morador (meu ap tem apenas 30  poucos m²).
Expliquei pra ele que mão dava, que o gatinho podia ser dele, mas que iria morar no sítio pra ficar perto da mamãe dele e ter espaço etc. Ele entendeu! Ufa! E deu um nome ao gatinho cinza : Chumbinho!



Ontem o Lucas me chamou para desenhar.
Ao sentarmos no chão ele pega um lápis rosa, levanta, olha para com a cara mais séria do mundo e diz:
- Mamãe, você pode desenhar, mas só no papel! No chão não pode, ok? É coisa feia!
Daí eu entro na onda dele e falo comigo mesmo:
-Isso mesmo! Mama~e não pode desenhar no chão só no papel!
E ele responde:
- Só no papel sua teimosinha!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.... Morri de rir! Eu que sempre falo com ele pra desenhar, não no chão, já que ele adora riscar o rejunte do piso (ainda bem, pois seria muito pior se ele gostasse de pintar as paredes, né?)



Agora sobre a mamãe aqui:
Sabe aqueles dias que a gente acorda meio surtada?
Então que sábado retrasado, saí pra fazer as unhas e estava um calor infernal aqui em Brasília. O que fiz? Cortei meus cabelos. As madeixas que já estavam na cintura foram parar acima do ombro num corte chanel. 
Todo mundo gostou. Eu também gostei. Fiquei mais leve, o astral deu up.
Assim que der coloco umas fotinhas do antes e do depois...
bjosssss

7 comentários:

Futuros Papai e Mamãe disse...

Amei o post!
Adoro ler blogs onde vocês mames contam tudo como é a vida com seus babys.. me sinto ainda mais com vontade de ser mamãe!!!

Beijinhos ;*

Mon Maternité disse...

Ahhh Janna... sinto falta dos teus textos!!

Que coisa mais linda o Lucas com animais ... Sophia (graças a Deus) não é chegada a animais, tem medo de cachorro e não pode ver uma drosófila voando que sai correndo gritando "sai bicho, vai embora, vai pra sua casa ficar com a sua mamãe" ... e como você, também não sou a melhor amiga dos felinos, prefiro cachorro!

Falando em animais, super adorei os nomes dos animais de estimação da sua famíli ... seria Amy de Amy Winehouse e Ozzy de Ozzy Osbourne?!?! Nós temos um cachorro (que mora na atual casa da sogra) chamado Hendrix e a mesma (a sogra) pegou uma cadelinha na rua e deu o nome de Joplin ... temos nosso próprio Woodstock!

Beijos e tente não sumir tanto assim ... nem no Cityville te encontro mais!! Má

www.monmaternite.blogspot.com

Mon Maternité disse...

Janna... como você conseguiu responder meu comentário!!! Preciso muuuito saber disso ... adorei!!!

Beijos, Má

Mamãe-Paty disse...

Janna! Eu também não gostava de gatos, até conhecer um super carinhoso e decidir adotar uma gatinha.. Hoje eu amooooo gatos! Eles são limpos, super carinhosos e não são pentelhos como os cachorros.. hahahah Sempre tive cachorro, mas depois que tive gato, não troco por nem outro bicho! A Ana Luiza provavelmente vai gostar muito dos animais, também! Ela é doida pelos meus gatos (eles é que tem medo dela) e doida pelos cachorros da minha mãe, também!! Muito linda essa relação do Lucas com os animais. Deve ter sido uma fofura ver o carinho que ele teve com os filhotinhos, em especial com o Chumbinho! hehehe
Beijinhos

mamãe polvo disse...

Janna!!! Adoro gatos tb!!! Chumbinho foi ótimo, adorei o nome!
E teimosinha foi demais, kkkk, morri de rir, eles tem cada uma né?
Bota foto do novo vizu, há pouco tempo cortei o meu imenso tb, me senti assim como vc mais leve....
Bjo!

Vanessa Dias disse...

Pedro também adora bixos, são todos mesmo, até os tipos estranhos como cóbras e afins. Aqui em casa tem cachorro e prefiro assim, pq gatos são sempre menos confiáveis. Minha cadela é tão boazinha que nem posso deixa-la sózinha com Pedro pq tenho medo de ele machuca-la ja que ela deixa ele fazer de tudo com ela.
Quando ao novo visual, mostra pra gente.

Bjs

Rafaella disse...

Gatos são mais carinhosos e automaticamente ja se dão bem com crianças...
Eu tenho duas gatas e depois que Davi nasceu não dei mais atenção para eles, são bem cuidadas e tudo mais atenção para brincar e tal não tem...
Mais Davi faz isso por mim, ele ja deu altas risadas com esses gatos e brinca direto rs....
Menina e que coragem de cortar o cabelo com essa diferença toda...
Eu sou medrosa rs, mais acho esse corte mais curto muito bonito...
Posta foto sim depois...
bjos