quarta-feira, 8 de junho de 2011

Coisas da vida



Eu já contei aqui que minha mãe biológica me "abandonou" quando eu tinha 2 anos de idade.
Bem eu passei por fases na minha vida que eu não aceitava o que ela tinha feito. Como assim uma mãe abandonar um filho? Nem por toda dificuldade do mundo eu faria isso. Pensava eu. Fiquei revoltada. Não queria saber dela e tal.
Mas cresci, me tornei mãe (continuo acreditando que não abandonaria meu filho) e a perdoei. Hoje percebo que ela fez o que achou que era melhor pra mim (e acertou). Mesmo assim nunca quis ir ao seu encontro. Mais por medo do que por "raiva" (essa passou faz tempo).
Tenho várias irmãs perdidas nesse mundão de Deus. E tenho contato com duas: a Iara e a Gabriela (que vem pro meu niver semana que vem!), graças a internet.
E foi conversando ontem com a Gabriela que soube que nossa mãe sofreu um AVC. Nossa! Quase tive um troço! Me lembrei que no dia anterior, conversando com uma colega, comentei que meu maior medo era um dia receber a notícia de que minha mãe havia falecido e eu não pude vê-la. E no outro dia decubro que ela sofreu um AVC.
A Gabriela soube por Iara (que deixou um recado off line no msn dela), mas sem muito detalhes. Hoje Iara deixou outra mensagem com um telefone de contato da  uma outra irmã nossa que vive com a mãe. Gabriela ligou e soube que ela está vivendo precariamente, que está doente há 4 anos 4 ANOS!, que essa irmã tem 22 anos, 2 filhos e vivem de aluguel com 1 salário mínimo. E temos ainda uma irmã mais nova, de apenas 13 anos, que está vivendo com uma tia. E a Gaby soube também que nossa mãe nunca falou muito da vida dela no passado.
Gente, estou sem chão! Ela é minha mãe! Não me criou, mas me colocou no mundo! Por causa dela tenho a vida que tenho hoje, tenho meu filho! 
Agora estou sem saber o que fazer, como ajudar. Ela mora numa cidade em Minas Gerais, eu estou em Brasília. Não tenho como sair daqui de uma hora pra outra ir vê-la (tenho meu trabalho, meu filho, minha família). A Gaby disse que o pai dela nos levaria até a nossa mãe, mas a Gaby mora em BH. Também quero ver um jeito de ajudá-la com algo. Financeiramente ainda não posso, mas vou ver se consigo angariar roupas,  cesta básica, essas coisas.
E é isso. Estou aqui um caquinho. Nunca imaginei que sofreria por ela, mas estou sofrendo.


SR BLOGGER! TEM AMIGAS QUE NÃO ESTÃO CONSEGUINDO ACESSAR MINHA PÁGINA! O QUE EU FAÇO?

8 comentários:

Mon Maternité disse...

Janna querida ... puxa, que história! Que situação! Não é hora de pensar em nada a não ser "é minha mãe", mas como ... a gente tem que orar e pedir a Deus uma direção e que você consiga tomar a melhor decisão! Estarei aqui, como amiga orando por você e pela sua mãe!

Nos mantenha cheia de notícias!
Estarei orando por vocês!
Fique com Deus!
beijos, Má
www.monmaternite.blogspot.com

Fabi Coltri disse...

Nossa querida, q barra.
Eu imagino como está seu coração!!


Conte conosco pro que precisar!

Super beijo

Ligia disse...

Nossa, que historia comovente. Estou torcendo para que aconteca o melhor para voce e para sua mamae. O que tiver que ser sera!
Um grande beijo.
Li
www.nanamamaenana.blogspot.com

Vanessa Dias disse...

Que historia, amiga. Mas acho que nada acontece por acaso, se isso aonteceu talvez seja a hora de vcs finalmente se encontrarem. Acho que isso e muito importante pra vc, tenta fazer uma forca. Tenho certeza que vivera melhor sabendo a que a conheceu.

Bjsssssss

Débora disse...

Nossa, Janna, que história a sua. E é nessas horas que a gente vê como é forte os laços entre mãe e filho. Sua mãe te abandonou, vc nunca soube dela, mas agora sofre pela situação em que ela se encontra. Sua atitude só mostra o quanto vc tem um bom coração. Faça o que tiver no seu alcance para ajudá-la. Espero que tudo corra bem e que Deus te dê força nesse momento tão delicado. Um grande abraço... mas definitivamente, não sei como uma mãe é capaz de abandonar um filho.

Chama a mamãe disse...

Janna,
Que história hein! Parabéns por vc ter conseguido perdoar sua mãe.
Olha, peça muito a Deus que cuide dela, e você faça o que estiver ao seu alcance, mãe é mãe!!!!
Vamos orar por vcs e tenho certeza que tudo ficará bem.
Nos mantenha informada
Super Bjs

Marcela lusia disse...

Nossa que história!
desejo o melhor para vc e que seu coração seja confortado!
teu blog é muito fofo e ja estou te seguindo!
deixo o convite para visitares o meu caantinho e se quiser seguires também!
beijokas

Clyshenn disse...

Deus sabe de todas as coisas...
Estarei orando por ela!!! Sabe por que vc ficou triste? Pq vc tem um coração bom, difícil hoje em dia de se ver.
Fica tranquila que Deus está no controle.
Beijos!!!!